L´amour….

o-amor-é-exatamente-tudo-o-que-você-precisa

Novas descobertas sobre o Amor > afinal esse é o nosso maior propósito !

1a. A humanidade presente no Planeta terra não conhece o Verdadeiro Amor.
Estamos todos buscando aprender sobre , mas as imperfeições nos afastam dele.

2a. Mulheres têm mais facilidade para desenvolvê-lo já que possuem a capacidade de gerar vidas e podem *as vezes* sentir o Amor incondicional por um filho. Esse é o primeiro passo, quando aprendermos á amar incondicionalmente amaremos todos igualmente.

3a. Em contra-partida homens tem mais dificuldade em sentir Amor. Amam os filhos desde que eles correspondam as suas expectativas, sonhos e ensejos.

4a. NENHUM homem ama mulher NENHUMA > aquele que beija , abraça, dá caixinha azul prometendo amor eterno, faz juras de amor, beija os pés o faz porque a mulher em questão lhe é …conveniente. Assim que ela deixar de ser ele vira as costas sem explicações, justificativas, culpa ou pedido de perdão…. e se une á próxima que lhe seja ….conveniente.

5a. Mulheres também não amam homens > o que as faz pensar assim é a idealização de ter um príncipe que lhe beije, abrace, lhe dê a caixinha azul , prometa amor eterno, faça juras de amor, beije seus pés….acredita que ele exista e enxerga isso em cada um que lhe for ….conveniente.

6a. Não se pode amar um e causar ódio em outro.

7a. e última – amor é uma jóia rara e poucos a terão !

o Apóstolo Paulo escreveu a Carta aos Corintos em Èfeso e nela disse :

Acaso, são todos Apóstolos? Todos profetas? Todos mestres?
Todos realizam milagres?
Têm todos o dom de curar? Todos falam línguas? Todos as interpretam?
Aspirai aos dons mais altos.Aliás, vou indicar-vos um caminho que ultrapassa a todos.
Acima de tudo, o AMOR

Ainda que eu falasse línguas,
as dos homens e dos anjos,
se não tivesse amor,
seria como sino ruidoso
ou como címbalo estridente.
Ainda que tivesse o dom da profecia,
o conhecimento de todos
os mistérios e de toda a ciência;
ainda que tivesse toda a fé,
a ponto de transportar montanhas,
se não tivesse Amor, nada seria.

Ainda que eu distribuísse
todos os meus bens aos famintos,
ainda que entregasse
o meu corpo às chamas,
se não tivesse amor,
nada disso me adiantaria.
O Amor é paciente,
o Amor é prestativo;
não é invejoso, não se ostenta,
não se incha de orgulho.

Nada faz de inconveniente,
não procura o seu próprio interesse, não se
irrita, não guarda rancor.
Não se alegra com a injustiça,
mas regozija-se com a verdade.
Tudo desculpa, tudo crê,
tudo espera, tudo suporta.
O Amor jamais passará.
As profecias desaparecerão,
as línguas cessarão,
a ciência também desaparecerá.
Pois o nosso conhecimento é limitado;
limitada é também a nossa profecia.
Mas, quando vier a perfeição,
desaparecerá o que é limitado.
Quando eu era criança,
falava como criança,
pensava como criança,
raciocinava como criança.
Depois que me tornei adulto,
deixei o que era próprio de criança.
Agora vemos como em espelho
e de maneira confusa;
mas depois veremos face a face.
Agora o meu conhecimento é limitado,
mas depois conhecerei como sou conhecido.
Agora, portanto, permanecem estas três coisas:
a fé, a esperança e o Amor.
A maior delas, porém, é o Amor.

Deixe uma resposta