aprendendo com as pipocas,

Bag of Popcorn
Alguns escritores e pensadores escrevem/escreveram com observações nas coisas mais simples.
Ruben Alves escreveu um texto sobre o milho da pipoca , a mensagem é mais ou menos essa:

A transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação .
O milho da pipoca não é o que deve ser.
Ele nasce para ser aquilo que acontece depois do estouro.
Assim também somos nós, precisamos nos transformar , mas as grandes transformações só acontecem as vezes pelo poder do fogo.
Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e dureza assombrosa.
Só que elas não percebem. Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.
Mas, de repente, vem o fogo. O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos.
Uma Dor. Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, ficar doente, perder um emprego, ficar pobre.
Pode ser fogo de dentro. Pânico, medo, ansiedade, depressão — sofrimentos cujas causas ignoramos.
Há sempre o recurso dos remédios, apagar o fogo. Sem fogo o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação.
Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro ficando cada vez mais quente, pense que sua hora chegou: vai morrer.
De dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada.
A pipoca não imagina aquilo do que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: PUF!! — e ela aparece como outra coisa, completamente diferente, que ela mesma nunca havia sonhado.
E existem aqueles milhos que mesmo depois do fogo recusam-se á transformar-se.

Na simbologia cristã o milagre está representado pela morte e ressurreição de Cristo, a ressurreição é a transformação !
É PRECISO DEIXAR DE SER DE UM JEITO PARA SER DE OUTRO .
“Morre e transforma-te!” — disse Goethe,
…..ou seja piruá p/ sempre.

Deixe uma resposta